Crie um Avatar de Cliente para seu Negócio

Crie um Avatar de Cliente para seu Negócio

Turbinando negócios

Você quer ter resultados MUITO MELHORES em suas ações de Marketing Digital? Então monte seus AVATARES.

 

  • Aumente de forma significativa as suas taxas de conversão;

  • Atraia mais “leads ” que podem se converter nos seus “melhores” clientes;

  • Implante Campanhas de Comunicação que realmente funcionam – e que geram um retorno impressionante sobre o seu investimento.

 

FOCO, FOCO e mais FOCO

A primeira coisa para você poder empreender bem online é ter FOCO.

A internet tem bilhões de usuários, claro. Se você não focalizar os seu público alvo, precisará de milhões de qualquer moeda para atingir pessoas que em tese podem querer adquirir seu produto ou serviço.

Isso não é nem prático, nem razoável e muito menos factível – do ponto de vista financeiro. Na internet, diferentemente do rádio ou da TV, você pode focalizar quem lhe interessa e dirigir sua comunicação especificamente para esse grupo.

Só tem um problema, essencial: você PRECISA obter informações precisas sobre as pessoas que são suas compradoras em potencial. Isso requer PESQUISA. O que é chato, eu sei: demanda tempo, análise, interpretação – coisas chatas de se fazer. Nossa tendência primária é fazer um anúncio do bagulho que queremos vender – e seja o que Deus quiser. Olha, quem certamente está interessado na sua Campanha não é Deus – e sim o veículo de comunicação que você usa. Esse sim, com certeza absoluta, vai lhe mandar a conta.

Aí ficamos frustrados porque “os anúncios” não trazem resultados. “PUTZ, se a internet tem bilhões de usuários, como é que não estão comprando meu bagulho?”

Quando sua comunicação não é dirigida  para quem pode perceber real VALOR no que você oferece, você está simplesmente jogando dinheiro pela janela. Dinheiro e suas energias. Você só vai poder ser eficaz se souber O QUE É IMPORTANTE para as pessoas que poderiam comprar seu produto ou serviço. Isto requer PESQUISA – antes de sair fazendo qualquer atividade de comunicação ou mesmo de criação de conteúdos (artigos em blogs, por exemplo).

Você sabe quais são as”dores” dos seus clientes em potencial? O que é que lhes tira um sono tranquilo?

Por exemplo, o dono de uma barbearia adoraria ter agendados todos seus dias, para todos seus profissionais, clientes querendo fazer barba, cabelo ou ambos, obtendo uma taxa de ocupação máxima e maximizando seu faturamento. Se seu produto pode ajudá-lo para que isso venha a acontecer, você tem um gancho maravilhoso para vender seus serviços e soluções. Se não for o caso – esqueça, parta para outro segmento (ou nicho) de mercado

 

Concentre TODA a sua atenção em atrair as pessoas certas

O avatar permite que você seja muito mais certeiro e preciso. Não precisa ser um gênio da comunicação, que cria anúncios inesquecíveis mas que no fundo são genéricos e acabam se misturando com todosos outros. É possível montar anúncios que “sensibilizam” o seu cliente alvo:

  • Falando a língua” que seu cliente fala e, de cara, “quebrando” possíveis objeções de compra;
  • Fazendo ofertas que mostrem claramente “que vantagem Maria leva“, ou seja, que o leitor da sua comunicação sinta que o que você está oferecendo vai agregar valor na vida dele (ou no seu trabalho, ou no seu negócio) e que – por isso – vale a pena – para ele – dar mais atenção ao assunto e ir em frente na sua oferta;

Uma das coisas mais legais do AVATAR é que você pode filtrar muito melhor o público alvo com que quer atingir. Isso faz co que você não tenha de adivinhar a qual é a mídia de marketing mais eficaz, podendo escolher aquela que tem potencial de produzir melhores resultados. Pare de copiar o que os outros estão fazendo: para ter sucesso em marketing digital em geral você precisa fazer algo DIFERENTE do que s outros estão fazendo. Encontrar seu próprio caminho. mostrando que você tem uma oferta diferente. Se DIFERENCIANDO e não se IGUALANDO. Se você oferece o que todo mundo oferece, por quê as pessoas escolheriam você? Pura loteria. Pare de jogar com a sorte, pare de jogar seu dinheiro fora com comunicação que não funciona e passe a trabalhar com INFORMAÇÃO.

CRIE UM AVATAR DE NEGÓCIO PARA SEU CLIENTE ALVO

Um avatar do cliente é mera e simplesmente um perfil detalhado do seu cliente-alvo. Depois que você escolher um , você poderá fazer coisas como:

  • Potencializar suas vendas, fazendo parecer que você é o único que resolve “a maior dor” que o cliente potencial tem;
  • Tornar suas mensagens de marketing muito mais objetivas, atraindo “leads” muito precisos, com problemas que tem a ver com o que você oferece – e não leads com problemas genéricos com baixo potencial de serem convertidos em clientes;
  • Aumentar suas taxas de conversão: seus textos das comunicações irão encorajar e incentivar seu clientes alvo para agirem e responderem, elevando as suas taxas de retorno para um mesmo investimento em comunicação;
  • Atrair mais do clientes que são o seu “alvo”. Pessoas “erradas” não serão atraídas pelas sua mensagens. evitando que você perca tempo e dinheiro;
  • Deixar de gastar dinheiro em marketing que simplesmente não funciona.

É relativamente fácil criar um avatar de cliente. A tarefa envolve o preenchimento de um conjunto de informações que detalham o perfil daquele que seria o seu “melhor cliente”. No final desta publicação você poderá baixar um modelo sugestão para fazer o AVATAR de seus clientes . Sem nenhum custo. :-)

ONDE É QUE OBTENHO INFORMAÇÃO SOBRE MEU CLIENTE ALVO

O Google já foi inventado há anos e nele você encontra tudo o que precisa. Digamos que seu foco está em oferecer seu produto para Barbearias.

Se pesquisar no Google “principais necessidades das barbearias” vai encontrar artigos como:

  • Necessidades – Barbearias
  • Principais Problemas enfrentados por Barbearias
  • 6 Táticas para fidelizar o cliente em sua barbearia!
  • Barbearias investem no estilo ‘vintage’ e agregam mais serviços …

Além disso, o próprio “prompt” do Google vai te ajudar a ter idéias do que pesquisar: Veja:

pesquisa no google sobre barbearias

Vale a pena “perder tempo” pesquisando e entendendo o seu mercado alvo. Somente isso poderá lhe dar uma ideia clara sobre seu público alvo, suas necessidades, seus hábitos, suas “dores”.

Há uma história que gosto de contar.  Um lenhador que afiava o machado 2 horas por dia antes de cortar lenha. O pessoal ficava intrigado perguntava porque ele PERDIA tanto tempo com isso. E ele respondia, invariavelmente: “é que quando vou cortar lenha, faço todo trabalho que antes levava 8 horas em apenas 2 horas – e ganho meio dia livre para descansar…“.

site answer the publicVamos dizer que no nosso exemplo você pesquisou e descobrir que a maior preocupação das barbearias é tornar seus clientes mais fiéis. Aí você tem de “cavocar” mais… No site Answer the Public, por exemplo, você pode criar uma conta grátis (é usado por blogueiros e profissionais de marketing individuais que desejam gerar um punhado de ideias de conteúdo a cada mês). Pode pesquisar, por exemplo, “fidelizar barbearias”.

answerthepublic2

Você vai obter um MAPA do que é que as pessoas PROCURAM de fato na Internet sobre isso. Veja o resultado:

barbearia_pesquisa_the_answer

Ahaha!!! “COMO FIDELIZAR CLIENTES BARBEARIA” é o que as pessoas mais procuram na internet (se você clicar, no ramo da árvore, vai direto pro Google e mostra o que os “espertos” estão anunciando ou escrevendo sobre isso). Agora sim, você tem um caminho para chegar nos donos de barbearias. AGORA você pode:

  • Escrever um novo post no seu blog;
  • Fazer novas “copys” (textos) de seus e-mails;
  • Desenvolver “um novo produto ou serviço”.
  • Criar um e-book com esse título…

Há ferramentas na Internet que permitem fazer coisas fantásticas, como por exemplo:

  • Criar um funis de vendas, fazendo algum tipo de oferta (um e-book por exemplo);
  • Criar sites (vários templates prontos para tudo quanto é negócio: cabelereiro, academia de ginástica, consultoria e o diabo);
  • Criar sequências automatiza de e-mails para os seus leads, dando dicas periódicas para todos os leads que caírem na sua isca digital (por exemplo, o e-book);
  • Para os leads que caírem na sua rede, você pode criar páginas para capturar novos clientes. Uma vez captados, podem receber todo santo mês um e-mail da “barbearia cliente” (gerando faturamento recorrente). Esse e-mail pode ser um simples lembrete mensal (programado) ou uma oferta mensal específica, fazendo o cliente RETORNAR – aumentando o seu grau de fidelidade.

Enfim, você pode desenhar toda uma estratégia, focar-se nela e implementá-la.

MAS COMO É QUE EU ATINJO O MEU CLIENTE ALVO?

Essa é a pergunta que vale um milhão de dólares. Mas você pode ter respostas por custo ZERO.

Google Trends

O Google Trends é uma ferramenta do Google que mostra os termos de pesquisa populares e as suas tendências num passado recente. E você pode filtrar isso geograficamente (para o Brasil, para um Estado, para uma Cidade) e no tempo. Tal como o próprio nome indica, a ferramenta deixa ver a evolução da pesquisa por um determinado termo, permitindo ao utilizador avaliar a sua popularidade (frequência de busca, se está aumentando e se está diminuindo).

Não é necessário fazer um cadastro para começar. Na primeira página, você encontra os temas que têm sido mais discutidos na internet. Esqueça isso. Você pode digitar um termo de busca na caixa “explorar tópicos”. E pode comparar com outros termos, para descobrir qual é o melhor. Por exemplo, pegando os termos barbearia e barbeiro, Brasil, obtive:

barbearia_versus_barbeiro

De cara já descobri várias coisas:

  • A palavra chave Barbearia é muito mais procurada do que Barbeiro;
  • Os cinco estados que vale a pena focalizar minha campanha, se não for nível Brasil;
  • Na página acima você pode definir que quer ver Consultas Relacionadas e vai descobrir que quem procura Barbaria também procura  Barbeiro, Barberia VIP, Barbearia logo e Cabeleireiro. Isso já permite – quando for fazer campanha – definir os “interesses” nos anúncios do Facebook/Instagram ou do AdWords…
  • Outra descoberta é que procuram muito Curso para Barbeiro e Cadeira para Barbearia. Você pode pesquisar depois na internet QUEM oferece isso e se trabalha com marketing de AFILIAÇÃO (ou seja, você pode até não vender seu produto principal, mas poderá gerar uma renda extra se nos seus textos, posts, anúncios, etc. incluir links de afiliação).
    Por exemplo, se seu artigo for sobre “Como Fidelizar Clientes na Sua Barbearia”, você pode incluir frases como: “Mais do que ter uma ótima cadeira de barbearia, o ideal é ter essa cadeira sempre cheia de clientes... Ou ainda: “Para iniciar um negócio de barbearia, é fundamental que você e todos os profissionais tenham feito um bom curso de barbeiros. Mas não basta ter profissionais treinados ou experientes, tem de ter clientes fiéis”. Ou ainda “É bem legal ter uma LOGO para sua barbearia, mas mais legal ainda é ter a barbaria cheia todos os dias..!”

Pense como EMPREENDEDOR. Se coloque no lugar do DONO DA BARBEARIA (“calce seus sapatos”)… Você aí vai descobrir o que seu cliente de FATO precisa e tudo que você de FATO pode oferecer a ele.

Escolha (e refine) as palavras-chave certas: usando o Planejador de palavras-chave do Google

O Google tem vários bilhões de pesquisas mensais e, claro, sabe tudo os que as pessoas pesquisam. E, de novo, sem custo algum, você pode descobrir as melhores palavras para empregar em seus textos ou para disparar seus anúncios para seus clientes alvo (só precisar ter uma conta de gmail).

No Planejador de palavras-chave você pesquisa palavras ou frases relacionadas aos seus produtos ou serviços. Essa ferramenta de pesquisa de palavras-chave ajudará você a encontrar aquelas palavras ou frases mais relevantes para oferecer seus produtos/Serviços.

Você pode ter descoberto que fidelizar clientes é a maior DOR de um dono de BARBEARIA. Mas isso NÃO SIGNIFICA que ele vai nas Redes sociais ou no GOOGLE procurar algo como FIDELIZAR BARBEARIA. Olha a prova:

fidelizar clientes em barbearias

Isso, NINGUÉM faz pesquisa com esses termos!!! Pode pagar o que quiser, não vai ter um único clique!

O segredo aqui é tentar pensar como o DONO da BARBEARIA pesquisa o que lhe interessa…

Então pesquise no planejador tudo o que se procura relacionado a BARBEARIA.

Você vai ver mais de 600 palavras-chave associadas. Você NÃO DEVE usar como palavra-chave BARBEARIA somente, senão vai ter um ZILHÃO de cliques de pessoas QUE NÃO ESTÃO NADA INTERESSADAS no que você oferece. Gente que digita “Barbearia aberta hoje” ou “Barbearia em Campinas” vai ver seu anúncio, pode clicar e você joga dinheiro fora.

Das 600 combinações, podemos selecionar algumas relacionadas com as DORES de donos de barbearias e que se relacionam com o que você está oferecendo. Vou dar 10 exemplos retirados do planejador (tem que ter paciência, mas isso é afiar o machado). 

10 Exemplos

No ADWords você pode criar uma campanha (com uma verba diária) e depois criar Grupos de Anúncios (sugiro um para cada expressão-chave) e depois o anúncio em si (pelo menos 1 para cada grupo, o ideal são 3 variando um pouco o texto).

Por exemplo, para “barbearia moderna”, o anúncio poderia ser assim:

anuncio_barbearia

 

Somente essa expressão-chave tem 1600 consultas por mês. Se você quiser ficar co seu anúncio no TOPO da página, vai pagar entre R$ 0,53 e R$ 1,90. Se você fizer uma campanha com R$10 por dia, oferecendo lances de até R$ 1,90, com certeza absoluta vai ter 5 a 20 cliques por dia de pessoas com alto potencial de se tornarem leads, baixarem seu e-book e entrarem na sua MÁQUINA DE VENDAS.

Você terá de repetir a montagem do anúncio para cada expressão-chave. Com o tempo, de acordo com as conversões (que podem ser acompanhadas no Google) você saberá quais anúncios estão dando mais retorno e poderá regular melhor quais deve ficar, quais merecem uma verba extra (ou individual) e quais podem ser suspensos (por não trazerem resultados e só queimarem a verba geral).

.

 

Faça aqui o download do Template para Montar seu AVATAR DE CLIENTE

Basta dar um clique na imagem:

quem é o cliente certo: como montar avatar de cliente

 

Tudo o que você precisa saber sobre Computação em Nuvem nos seus negócios!

Computação em Nuvem para Gestores e Empreendedores

Computação em Nuvem para Gestores e Empreendedores

Turbine suas vendas de MMN (Marketing de Multinível)

Turbine suas vendas de MMN (Marketing de Multinível)

Situação da Economia: onde entra o Marketing de Multinível

Temos hoje 14 milhões de pessoas desempregados no Brasil, de acordo com o IBGE (instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), além de mais ou menos a mesma quantidade de pessoas que desistiram de procurar emprego (e que, por terem desistido, não entram nas estatísticas oficiais, segundo a metodologia do IBGE).

Ou seja, temos hoje uns 28 milhões de pessoas que precisariam estar empregadas, gerando renda para si e suas famílias. (para maiores detalhes, leia “O Mercado é Grande“)

Nesse volume imenso de pessoas, encontramos de tudo: desde gente que faz paninho pra vender no farol  ou faz doce/salgadinho pra bar e restaurante (não tem nota-fiscal, não é MPE, não é coisa alguma), até gente trabalhando com os “Hinodes”  da vida, ou diretamente com empresas de marketing multinível – e suando muito para conseguir uma remuneração satisfatória. Todos tem que caçar ao menos um leão por dia.

ANTES DA CRISE, o Jornal Estado de São Paulo já noticiava que quase dois terços dos brasileiros recorrem ao bico para fechar contas. 64,4% de toda a população realizou algum tipo de trabalho informal para equilibrar as finanças pessoais no fim do mês. Imagine agora, coma  crise, onde se estima que levaremos 8 anos para retornar ao índices de desemprego de 4 anos atrás?

O jeito de não ficar parado é empreender. Fazer alguma coisa. Por isso muita gente que aceita trabalhar em rede de vendas de marketing multinível, para gerar uma renda extra, não importando nem quanto, nem como, nem quando: qualquer coisa é melhor do que ficar parado!

Este artigo fala das coisas boas e ruins de adotar o MMN – Marketing Multinível – como um modelo de sobrevivência. E mostra opções de como o trabalho com MMN pode ser turbinado, multiplicando os resultados…

É fato que as boas opções não são fáceis de serem encontradas na Internet, onde há oferta de tudo quanto é coisa e onde todos se oferecem como a solução definitiva para seus problemas financeiros… Muita mentira rolando solta. Mas aqui você teve sorte e chegou numa alternativa que pode ser a diferença na sua vida.

Conceito Básico do Marketing de Multinível (para quem não tem muita ideia do que é, senão pode pular)

Essencialmente, o Marketing de Multinível (MMN), ou Marketing de Rede, como também é chamado é uma forma de levar produtos e serviços diretamente aos consumidores. Sem intermediários de uma cadeia de distribuição (atacadistas, lojas) e sem os custos de campanhas publicitárias gigantescas. E montada uma estrutura de distribuidores diretos, independentes, formadas por indivíduos que, além de poderem vender o produto ou serviço, podem também nomear e patrocinar outros distribuidores independentes.

Com isso, além de obter comissões de vendas geradas pelas próprias vendas, criam “debaixo” de si uma organização distribuidora, com outros distribuidores independentes, o que em tese pode multiplicar exponencialmente suas comissões de vendas, uma vez que se apropriam de uma percentagem das vendas dos distribuidores a eles ligados.

Isso teoricamente cria uma poderosa forma de alavancar negócios sem que seja necessário fazer  novos e altos investimentos. Mais que isso: esses distribuidores independentes podem continuar continuam a vender e patrocinar  mesmo que o distribuidor “cabeça de chave” decida parar vender, mantendo com isso uma renda residual e que é chamada de “alavancada” pelo exército de distribuidores associados que conseguir manter..

Verdades e Mentiras sobre MMN (marketing de multinível)

Verdade: O marketing multinível (MMN) ou marketing de rede é um modelo de vendas em que um revendedor ganha uma participação nas vendas geradas por ele e também por sua rede de revendedores.

Verdade: Quanto mais recrutar vendedores em sua rede, mais o revendedor aumenta suas receitas, mesmo que ele, em si, não gere vendas diretamente para seus clientes. Assim, um revendedor, além de vender, procura atrair novos distribuidores para o negócio, potencializando o aumento de seus ganhos. E passa a ganhar uma remuneração (uma comissão) sobre os trabalhos dos “seus” revendedores afiliados.

Mentira: Se um vendedor não vender nada diretamente para seus clientes, poderá viver tranquilamente somente com as comissões recebidas de suas redes de revendas, sem fazer nada. Não é possível não fazer nada: quanto mais revendedores tem, maior o grau de suporte e atenção é necessário para ajudar cada participante da rede a atingir. Isso envolve treinamento, respostas a consultas, ajuda no encaminhamento de problemas comerciais. O vendedor acaba se tornando mais um gerente/coordenador da rede do que uma pessoa que gasta 100% do seu tempo fazendo exclusivamente vendas para seus clientes diretos.

Verdade: quanto mais bem preparada for a equipe de revendedores maiores serão as receitas de comissionamento. Claro: um time bem preparado faz a diferença na hora de vender. Isso implica em que a equipe conheça muito bem todos produtos comercializados e toda a política/sistema de comercialização. Em geral isso envolve treinamento, como foi falado no item anterior. E o líder da equipe precisa de disciplina, tempo e um pouco de pedagogia para fazer isso bem feito.

Mentira: A produtividade das vendas será sempre diretamente proporcional à quantidade de vendedores da rede, Quanto mais vendedores, mais receitas. Automaticamente. Isso não ocorre necessariamente. Cada novo elemento precisa ser treinado e, normalmente, sua produção de vendas é menor que a de vendedores participantes mais antigos e mais experientes. Na verdade, ao crescer, há sempre o perigo de reduzir a produção média de vendas por vendedor. É preciso agregar novos vendedores com perfil e garra para aprender e para vender. Colocar mais gente na rede sem qualificação ou qualidade aumenta o número de problemas e não gera vendas marginais significativas. Ou o pessoal “sai da rede” com a mesma facilidade que entrou.

Mentira: é fácil crescer a rede porque não há investimentos iniciais para os novos vendedores. Isso poderia ser verdade se a empresa escolhida tivesse produtos que fossem apenas oferecidos por catálogo. Isso nem sempre ocorre: há empresa que exigem que seus “vendedores” façam a formação de um estoque inicial. E há outra questão: o tempo gasto em orientação e treinamento, por parte do líder da rede, também tem um custo de oportunidade: ele poderia estar gerando mais receitas se dedicasse esse tempo às próprias vendas.

Mentira: o crescimento das vendas é muito rápido, porque os vendedores da rede podem formar suas próprias redes e o líder da rede original (raiz) passa a receber comissões sobre a venda de sua rede e também sobre a venda de suas sub redes. Primeiro, à medida em que as sub redes vão se formando, a contribuição marginal para o líder raiz da rede é menor. Segundo: essas sub redes terão seu próprio tempo de maturação: vão demorar um nível de eficiência de vendas que seja parecido com o da primeira rede raiz. O aumento das receitas ocorre cada vez mais lentamente – e com menor grau de significância em relação às receitas totais.

Mentira: Todas empresas que trabalham com MMN – Marketing Multinível – são boas. Há empresas excelentes, mas há muito mais empresas que oferecem seus produtos fora da rede, competindo com a própria rede de distribuição multinível. No fundo, fazem venda direta ao cliente final, justificando que estão cobrando preços superiores àqueles que sua rede MMN oferece no mercado. Ou seja, além de cobrarem mais caro, não pagam comissionamento a ninguém, ampliando em muito a sua lucratividade. Em geral, essas mesmas empresas “empurram” um estoque inicial para os revendedores da cadeia de MMN, convertendo-os em compradores compulsórios antes de verdadeiramente tratá-los como uma peça chave de sua cadeia de distribuição. É um desrespeito e, de certa forma, um abuso. Essas empresas demonstram que, na verdade, sua rede MMN é apenas mais “um tipo de cliente” que, por precisar gerar renda para sobreviver, arrisca todo o dinheiro que tem para comprar um estoque que nunca sabe se vai de fato vender – e por isso fica com os “micos” do que não conseguir vender.

Mentira: você vai se tornar milionário, ganhar muito dinheiro. Conversa mole. Somente os líderes que estão no topo das redes vão ganhar muito com o seu trabalho e dos revendedores abaixo deles. A maior parte das pessoas que investem em MNN ou perdem dinheiro, ou ganham muito pouco. Por exemplo, isso ocorre numa das maiores empresas de MMN, a Amway: menos de 1% tem o nível de diretor, o resto dos 99% tem uma comissão bruta média (sem descontar impostos) de R$40 por semana, menos de R$200 por mês. Não é a toa que a maior parte dos revendedores desististe no primeiro ano de atuação. Segundo a ABEVD (Associação Brasileira de Empresas de Vendas Diretas), no primeiro semestre de 2017 as vendas brutas foram de R$ 21 bilhões e o número de revendedores era de 4.2 milhões. Isso dá R4 5.000 por semestre por revendedor, cerca de R$ 830 por mês. Mesmo imaginando uma comissão média de 20% sobre as vendas, isso dá uma remuneração bruta de R$ 160 reais por mês para cada revendedor. Por isso MMN pode ser uma fonte de renda extra, mas nunca vai ser um gerador de renda efetivo para quem não está no topo das redes…

Mentira: O mercado de MMN está crescendo e é muito relevante. Segundo os dados da própria ABEVD, as vendas encolheram de 2017 em relação a 2016 e o volume de negócios correspondeu a apenas 8% do PIB da indústria de transformação. A queda de vendas pode ser explicada pelo cenário macroeconômico no Brasil, que também teve índices negativos. Mas a realidade é que existe um modelo antigo de fazer MMN (que vai acabar porque é baseado em reuniões em hotéis, revendedores com estoques e que essencialmente vendem para parentes e amigos ou contatos frios – o que limita muito sua atuação e crescimento). E existe um modelo novo, que é baseado em Internet (que implica em trabalhar sem estoques, atrair e cadastrar pessoas novas usando funis de vendas online, usando técnicas de marketing digital).

O mundo mudou, virou digital

O seu trabalho com MMN também tem que se digitalizar.

Deixar de atuar como um empreendedor que se enxerga como “revendedor” ou como um vendedor que trabalha com catálogo, estoque e vende para amigos e parentes, num segmento geográfico específico.

Você pode mudar sua cabeça, passar a se ver como um empreendedor digital que tem uma “franquia de uma ou várias marcas“, uma “microfranquia digital“. Que pode atuar em qualquer lugar do mundo, a partir de sua casa, usando técnicas de marketing digital, sem limitações geográficas. E, ao recrutar afiliados, dar a mesma ferramenta  para que ELES também façam negócios multiplicadores. Aí sim, você começará a ganhar um bom dinheiro. Mas o ponto de partida é você mudar sua cabeça: deixar de querer ganhar uma renda extra e assumir que quer ganhar MUITO MAIS DO QUE PRECISA – e que vai fazer isso dum jeito diferente, a partir de hoje.

Tudo o que você precisa saber sobre Computação em Nuvem nos seus negócios!

Computação em Nuvem para Gestores e Empreendedores

Computação em Nuvem para Gestores e Empreendedores

Marketing de afiliados: o que é e como gerar leads qualificados

Marketing de afiliados: o que é e como gerar leads qualificados

Turbinando negócios

Há 2 estratégias possíveis na nossa vida…

Há somente 2 estratégias que podemos escolher para sobreviver:

  • Matar um leão por dia. Isso significa que precisamos levantar e ir trabalhar todo santo dia porque, se não o fizermos, estaremos lascados. Perderemos o emprego ou, se formos empreendedores digitais, se não vendermos o produto novamente, teremos ZERO de comissões. Nesta estratégia é impossível alavancar ganhos. Uma venda realizada não produz receitas além de sua própria comissão. Ou,se você for um trabalhador, apenas receberá o seu salário direitinho, com todos aqueles descontos;
  • Buscar/caçar “presas” que nos alimentam continuamente. Isso é bem mais difícil, mas significa conquistar receitas usando automação, recursos digitais. Com a grande vantagem de gerar receitas mesmo quando estamos dormindo ou nos divertindo. Se você conseguir promover produtos ou serviços que geram receitas recorrentes, todo trabalho adicional se SOMA ao trabalho anterior, alavancando seus ganhos.

Qual estratégia você acha melhor?

Claro que a estratégia 2 é muito melhor. E muita gente, buscando isso, vai atrás do Marketing de Multinível (MMN). Porém, como já ressaltei num artigo, há muita mentira no marketing multinível. Em geral os participantes principais (iniciais) ganham muito e  todos os demais (debaixo deles) ganham muito pouco.

O que fazer?

Em 2001 fui aos Estados Unidos e, como todos nós, fui fazer uma compra numa cadeia de lojas chamada Best Buy. Queria comprar um smartphone. Quanto custava? ZERO, se assinasse um contrato com a operadora telefônica local, por dois anos pelo menos.

Aquilo me chocou, quase vinte anos atrás. Na ocasião, ter um telefone fixo no Brasil custava mais de mil dólares.

Ter um celular de última geração com custo zero era algo impensável aqui no Brasil. Mas o que eles estavam vendendo? Produto ou serviço? Serviço – e garantindo um faturamento ao longo de 24 meses. Esse conceito revolucionou o mundo: mostrou que o importante não é a posse, mas o usufruto do benefício da posse.

Trazendo este mesmo conceito para nosso mundo de marketing de afiliados, você pode escolher empresas que irão pagar você permanentemente uma comissão enquanto elas estiverem usando os serviços da empresa. Você faz o marketing da empresa deles. Você vende o produto deles. E todo santo mês, quando os clientes deles pagarem a conta, você recebe comissões. Você faz uma única venda, mas recebe múltiplas comissões. Não tem que matar um leão por dia. Nem dizer: bom dia “chefe”, mesmo que você esteja num péssimo dia e querendo que tudo se exploda.

Definição de Marketing de Afiliados

Essencialmente é um acordo de marketing pelo qual um varejista on-line paga comissão a um site externo por gerar tráfego ou vendas que acontecem devido às suas referências.

Há milhares de sites que pagam comissões. recorrentes ou não. Por exemplo: tenho um site (blog) sobre ASP.NET CORE MVC, onde num artigo indico um provedor para esse tipo de sistema. Somente essa indicação me gera mais de U$100 por mês. Ganho mais de U$1200 por ano com esse blog onde de vez em quando publico um ou outro artigo somente para mantê-lo “vivo” e pesquisado na WEB.  Para manter todos meus sites no ar gasto, no mesmo provedor, mEnos de U$200 ano. Meu lucro anual é mais de U$ 1000, o que para mim é ótimo.

Você pode argumentar que é mais fácil falar do que fazer, É verdade. Mas é possível criar artigos realmente incríveis e cheio de recursos. Isso requer tempo, esforço, pesquisa e dedicação ao projeto. Mas você não precisa reinventar a roda. Tendo um blog, torne suas postagens interessantes e ofereça opções que capturem a atenção dos leitores. Faça com que eles queiram ler e aprender mais sobre um produto ou serviço que está dentro do seu quadro de marketing de afiliados.

Agora vem um ponto importante: ofereça produtos e serviços que REALMENTE são importantes e úteis para você. Do contrário você não terá argumentos verdadeiros para defender sua indicação. Seja honesto e verdadeiro,

Como Gerar Leads Qualificados para Sua Rede?

Se você deseja trabalhar com marketing de afiliados, considere que o seu sucesso estará baseado na maneira como você vai gerar leads qualificados para posteriormente convertê-los em clientes.

Tornar-se parte de uma rede de afiliados é uma excelente estratégia. por exemplo, para blogueiros que procuram aumentar sua renda atual ou mesmo para começar a ganhar dinheiro com o blog. Existem várias opções quando se trata de marketing de afiliados.

O marketing de afiliados tem potencial de impulsionar as vendas e gerar receitas significativas. Mais do que isso, é uma tática de geração de leads altamente econômica.

Escolhemos algumas técnicas mais utilizadas pelos maiores mestres do marketing de rede nos Estados Unidos, que já são comprovadas pela sua eficácia.

Crie uma página atraente para engajar seu usuário:

No primeiro  post de sua landing page (ou no primeiro post da sua Fanpage no Facebook), tente incluir uma oferta que chame muito a atenção do usuário e faça com que ele tenha vontade de preencher o cadastro. Seja criativo.

Faça uma pesquisa para definir seu público:

Se pretende atuar em um nicho específico, saiba qual a necessidade de  seu público, procure definir a persona de quem vai comprar seus produtos e determinar uma região de atuação para trabalhar.

Você pode refinar esse público-alvo depois de iniciar a divulgação, lembre-se disso (se estiver  trabalhando com o Facebook, redefinir seu público alvo será muito fácil).  Se quiser, leia este artigo e baixe sem custo um template para montar seu AVATAR DE CLIENTE.

No seu post, não se esqueça de um bom título e do Call to Action (CTA):

Com o call to action (CTA ou chamada para ação), você pode se quiser passar uma sensação de urgência – ou despertar ainda mais o interesse sobre os benefícios que o produto ou serviço está oferecendo.

O seu título é a porta de entrada. Ela irá atrair o leitor até a sua página de vendas. Use títulos simples e diretos, que na primeira impressão já mostre do que se trata.

Evite , nesse título, gírias ou palavras negativas como ” não, nunca, impossível, etc”.

Faça uma chamada para a ação atrativa. levando o visitante para sua página de cadastramento de leads.

Invista em e-mail marketing:

O email marketing ainda é uma das mais poderosas ferramentas de marketing digital que nós temos.

Com o e-mail marketing, podemos proporcionar material gratuito e de qualidade para nossos clientes, gerando autoridade, compromisso e principalmente confiança na hora de fechar um bom negócio.

Se você conseguir atrair e cadastrar leads, invista neles. Ofereça brindes, materiais gratuitos, dicas e sugestões de uso, ebooks, ou qualquer outra coisa. Sempre dê, ao visitante, a sensação de estar ganhando algo. Turbine suas vendas de MMN (Marketing de Multinível)ocê pode usar autoresponders – que permitem montar campanhas de e-mail sem quaisquer limites,  com e-mails sequenciados e workflows de ações,

Priorize as melhores empresas (que pagam bem e mandam relatórios mensais)

Para gerar leads qualificados com segurança, vocês deve escolher bem as empresas pela qual pretende atuar como “representante”.

Pesquise e busque informações precisas sobre a empresa que deseja investir, consulte seu histórico, sua reputação online, etc. Veja se há muita reclamação, sobre a qualidade dos produtos, se tem boas vendas, etc..

Nunca divulgue algo em que você mesmo não acredita ou que tem má reputação na Internet.

Invista em conteúdo de Qualidade

Gerar leads qualificados é apenas uma parte do ciclo de vendas. Para fidelizar um cliente, devemos oferecer/mostrar sempre um produto (ou serviço) de qualidade.

Temos que pensar em estratégias que vão do pré até o pós-vendas para que o cliente fique cada vez mais cativado. A melhor maneira de conseguir isso é através de um bom conteúdo.

Se você tem um site, blog ou rede social, aborde e foque em temas referentes ao produto que está sendo oferecido. Coloque chamadas claras para que o cliente possa interagir com o conteúdo oferecido.

Crie uma audiência e sempre ouça suas necessidades. Uma boa rede será firme e estruturada se você conseguir resolver os problemas e atender às necessidades das pessoas.  Ninguém vai lhe dar atenção se você não fizer parte da solução.

Tudo o que você precisa saber sobre Computação em Nuvem nos seus negócios!

Computação em Nuvem para Gestores e Empreendedores

Computação em Nuvem para Gestores e Empreendedores

Dicas para instalar o Instagram do jeito certo

Dicas para instalar o Instagram do jeito certo

Turbinando negócios

É mito importante instalar o Instagram do jeito certo (ou ajustá-lo se você já instalou)…

Estudando o Instagram, vi que tinha instalado a minha conta de um jeito muito inadequado – e por isso sempre consegui poucos seguidores, com um crescimento muito lento. Vamos ver neste artigo algumas dicas de como instalar o Instagram do jeito certo.

DICA 1

SUA FOTO

A IMAGEM ORIGINAL TEM QUE SER QUADRADA

Otimizar a foto da sua conta do Instagram é muito importante porque ela é a representação visual do seu negócio – se você tem uma conta Business, claro.

A foto de ORIGEM para o Instagram usar deve ser QUADRADA. Porque o Instagram recorta essa imagem dentro de um círculo. O tamanho mínimo dessa imagem deve ser de 110 x 110 pixels. O ideal é usar o tamanho máximo de 500 x 500 pixels.

A imagem principal dentro do quadrado deve estar centralizada. Assim o recorte circular do Instagram ficará simétrico, limpo e e centralizada em sua página de perfil.

Devo usar Foto ou Logomarca???

Depende do que você você faz. Se você é um consultor de negócios ou um empreendedor individual, provavelmente a sua foto é o que melhor lhe representa – principalmente se o fundo tiver um contexto adequado (caso contrário procure não usar fundo algum).

Se você tem uma logomarca é preciso tomar cuidado. Muitas marcas tem muito texto associado e quando visualizadas dentro do círculo – no celular – empastelam toda a leitura. Nesse caso, se possível, recorte a parte gráfica da logomarca. Ou então coloque uma imagem que representa o principal produto(ou tipo de produto) comercializado. Lembre-se: a imagem é uma representação visual SIMBÓLICA do seu negócio.

Exemplos do Mcdonald’s e da KFC:

DICA 2

BIO

O OBJETIVO DA BIO É “VENDER” A SUA CONTA DE INSTAGRAM PARA SEU PÚBLICO ALVO, FAZENDO COM ELES PASSEM A SEGUIR VOCÊ

Quando fiz a minha primeira BIO, era quase que um currículo. Parecia que eu estava pedindo emprego e “mostrando” as minhas qualificações: “Formado em Administração pela escola tal, X anos de experiência” – e ia por aí… Nada mais equivocado.

A BIO é a sua ÚNICA OPORTUNIDADE de dizer, muito rapidamente, e com 150 caracteres ou menos, como você pode entregar algo de valor para o  seu público alvo, motivando as pessoas a pressionar o botão de SEGUIR o mais rapidamente possível. É assim que você ganha mais visitantes que voltam para ver suas novidades – ou que recebem as suas postagens sempre.

Hoje minhas BIO mudou radicalmente:

Ajudo as pessoas que querem fazer negócios pela internet, usando marketing digital ou gerando faturamento recorrente em sites de sua rede de clientes. 

 

“Venda” sua conta no Instagram – e não seus produtos/serviços

Muitas pessoas que têm um perfil de negócios no Instagram tentam logo de cara vender produtos ou serviços nesse espaço, ao inves de incentivar o visitante a SEGUIR. Produtos e serviços específicos podem ser oferecidos em postagens posteriores.

Agora o IMPORTANTE é que as pessoas apertem o botão “SEGUIR“. No momento, isso é muito mais importante do que fazê-las comprar qualquer produto seu. Se no momento elas não estiverem interessadas no produto/serviço, você vai perdê-las para sempre. Mas se ela seguí-lo, você vai poder oferecer todos os seus produtos PARA SEMPRE!

Tudo o que eles precisam fazer agora é clicar no pequeno botão de SEGUIR e torná-lo verde na sua página. O que é muito mais fácil e provável do que tentar vender qualquer produto ou serviço.

Neste momento é a primeira vez que estão te visitando e eles não precisam agora ir ao seu site e provavelmente não tem nenhum motivo para ir e gastar dinheiro lá.

Sendo seus SEGUIDORES, eles receberão atualizações da sua empresa pelo resto da vida.

Perguntas que você deve se fazer ANTES de escrever (ou reescrever sua BIO)

  • O que faria uma pessoa DO MEU PÚBLICO ALVO apertar o botão de “SEGUIR” DEPOIS de ler a minha BIO?
  • O que as pessoas poderiam querer do seu negócio?
  • O que você pode oferecer para elas que é REALMENTE ATRAENTE?
  • Por quê elas gostariam de entrar na sua rede?

Tente condensar suas respostas em 150 caracteres ou menos e coloque isso na sua BIO.

Usando Emojis

Você pode usar os emojis (emoticons, aquelas carinhas que em geral expressam sentimentos), mas o recomendável é usar pouco e com muita discrição. Muitos emojis tiram o ar de seriedade daquilo que você faz. Se você é sério, eu recomendo que você não use isso.

Talvez um ou dois, se for uma foto de um email ou algo parecido.

Fazendo BenchMarking

Pesquise seus concorrentes ou pesquise pessoas que estão fazendo coisas semelhantes a você e têm um público-alvo semelhante ao seu. Use isso como uma boa inspiração para o que está funcionando – especialmente se esse concorrente (ou similar) está tendo um ótimo desempenho de vendas.

Você pode escolher diferentes aspectos do que gosta em cada concorrente ou empresa similar e combiná-los para fazer o seu.

 

 

Tudo o que você precisa saber sobre Computação em Nuvem nos seus negócios!

Computação em Nuvem para Gestores e Empreendedores

Computação em Nuvem para Gestores e Empreendedores

7 Leis infalíveis para ter sucesso online

7 Leis infalíveis para ter sucesso online

Você sabe quais são as sete leis infalíveis do sucesso online?

Nem todo mundo sabe disso, mas elas são o que fazem um negócio ou uma empresa PERFEITA! A aplicação dessas leis ao seu negócio garantirá um enorme impacto e sucesso em sua vida pessoal e profissional.

A Primeira Lei: Produto Perfeito

A primeira lei… Produto de alta qualidade.

Se você está vendendo, promovendo ou representando um produto, você quer estar seguro e confiante de que está lidando com um “Produto de Alta Qualidade”.

 

A segunda lei: Produto de Alta Demanda

A segunda lei é: Alta demanda e aplicação real.

É preciso escolher e oferecer um produto ou serviço que possa ser útil ou uma solução para qualquer pessoa em qualquer nicho.

Difícil? Não necessariamente!

A Terceira lei para ter sucesso nos negócios online

A terceira lei irrefutável do sucesso online: Nicho Eterno.

O que realmente importa quando você está construindo um negócio é quanto tempo vai durar.

Você não quer gastar tempo, energia, dinheiro e se concentrar em algo temporário.

Você tem que procurar algo que possa ser considerado um nicho longo e duradouro, com alta demanda – e oferecer um produto de qualidade.

A Quarta lei para ter sucesso nos negócios online

RECEITA MENSAL RECORRENTE!

Um empreendimento digital funciona ao contrário de uma empresa local, onde você precisa de grandes investimentos em equipamentos, material, empregados, muito tempo você tem que vender seu serviço ou produtos todos os meses, para primeiro pagar as despesas e depois ter lucro.

Que permite que você trabalhe onde quiser, quando quiser e, o mais importante, ganhar uma renda mensal.

Busque vender algo que todo mês traga receita, sem você ter de revender a mesma coisa. Aí as receitas se multiplicam no tempo.

A Oferta Perfeita e Irresistível é a quinta das 7 leis irrefutáveis ​​do sucesso online!

É o que realmente faz com que as vendas de seus produtos e serviços sejam uma “oferta óbvia”.

As pessoas só comprarão um produto se não puderem resistir a ele. Seja qual for o produto ou serviço que você oferece, ele tem que seguir três princípios:

  1. Tem que ser FÁCIL,
  2. Oferecer uma SOLUÇÃO SIMPLES e o
  3. PREÇO tem que ser extremamente incrível.

A mágica realmente ocorre quando o cliente sente que está aproveitando a oferta naquele momento.

A sexta lei para ter sucesso online

As 7 leis infalíveis do sucesso online são feitas para mostrar uma estrutura básica de como um negócio perfeito deve ser:

  • Encontrar o cliente certo;
  • Criar a mentalidade certa;
  • Mostrar a necessidade;
  • Entregar a solução;
  • Criar urgência e
  • Fazer a venda.

Isto faz parte da sexta lei para um negócio de sucesso, ou seja, você precisa: Funis Profissionais de Marketing e Vendas.

Está imaginando por que estou te contando tudo isso?

Trabalhe todos os dias para construir funis de vendas de alta conversão para que você possa ter o melhor marketing possível para o seu negócio!

Tudo o que você precisa fazer é focar em trazer tráfego para os funis de vendas que são feitos para você,

Sétima Lei: Alavancagem de Vendas

Esta é a última das 7 leis infalíveis para o sucesso online.

Colocando em prática cada uma das leis individuais para o sucesso online. os resultados podem ser realmente surpreendentes.

Esta é a última lei, mas não menos importante: a “Alavancagem de Vendas”.

Crie uma rede de negócios e multiplique seus rendimentos usufruindo também de uma parcela das receitas dessa rede.

Tudo o que você precisa saber sobre Computação em Nuvem nos seus negócios!

Computação em Nuvem para Gestores e Empreendedores

Computação em Nuvem para Gestores e Empreendedores

Tecnologias Estratégicas

Tecnologias Estratégicas

Que tecnologias os CEOs pensam ser as mais estratégicas para facilitar a transformação digital de suas empresas e indústrias? Liderando a lista temos as tecnologias móveis que promovem o envolvimento dos clientes (81%), mineração e análise de dados (80%), segurança cibernética (78%), a Internet das Coisas (65%), processos de negócios “socialmente ativados” (61%) e computação em nuvem (60%). O mais interessante aqui é a inclusão da Internet das coisas, algo um pouco novo em cena como um chavão de negócios. Possivelmente os entrevistados tenham se referido ao que veem como seu potencial futuro ou ao valor que eles já existente de tecnologias estabelecidas, como RFID e comunicação máquina-a-máquina.

Tecnologias Estratégicas

O ritmo de transformação digital tem muito a ver com o retorno sobre o investimento que os CEOs e suas empresas obtiveram com tecnologias digitais já implantadas no passado. 86% afirmam ter uma visão clara de como as tecnologias digitais podem ajudar a alcançar vantagens competitivas que sejam chave para o sucesso dos investimentos digitais. 83% afirmam mesmo já ter um plano bem pensado – incluindo medidas concretas de sucesso – para os investimentos digitais.

A maioria dos CEOs pensa que as tecnologias digitais têm criado alto valor para suas organizações em áreas como a dados e análises de dados, experiência do cliente, confiança digital e capacidade de inovação. Surpreendentemente, no entanto, a maioria dos CEOs (82%) aponta a eficiência operacional como a área onde eles têm visto o melhor retorno sobre os investimentos e estão, mais do que nunca desde 2010, buscando o corte de custos operacionais.

Tecnologias Estratégicas

Tudo o que você precisa saber sobre Computação em Nuvem nos seus negócios!

Computação em Nuvem para Gestores e Empreendedores

Computação em Nuvem para Gestores e Empreendedores